Albert Einstein - Albert Einstein


Da Wikipédia, a enciclopédia livre

Albert Einstein
Einstein 1921 por F Schmutzer - restoration.jpg
Albert Einstein em 1921
Nascermos ( 1879/03/14 )14 mar 1879
Morreu 18 de abril, 1955 (1955/04/18)(com idade 76)
Residência Alemanha, Itália, Suíça, Áustria (atual República Checa), Bélgica, Estados Unidos
Cidadania
Educação
Conhecido por
Cônjuge (s)
Mileva Marić
( m.  1903; . Div  1919)

Elsa Löwenthal
( m.  1919; morreu 1936)
Crianças "Lieserl" Einstein
Hans Albert Einstein
Eduard "Tete" Einstein
Prêmios
carreira científica
Campos Física , filosofia
instituições
Tese Eine neue Bestimmung der Moleküldimensionen (Uma nova determinação das dimensões moleculares)  (1905)
conselheiro doutoral Alfred Kleiner
Outros orientadores acadêmicos Heinrich Friedrich Weber
Influenciado
Assinatura
Albert Einstein 1934.svg assinatura

Albert Einstein ( / n s t n / ; alemão: [albɛɐ̯t ʔaɪnʃtaɪn]  ( ouvir )Sobre este som ; 14 de marco de 1879 - 18 de abril 1955) foi um físico teórico de origem alemã que desenvolveu a teoria da relatividade , um dos dois pilares da física moderna (ao lado de mecânica quântica ). Seu trabalho também é conhecida por sua influência sobre a filosofia da ciência. Ele é mais conhecido para o público em geral para a sua equivalência massa-energia fórmula E = mc 2 , que foi apelidado de "equação mais famosa do mundo". Ele recebeu o 1921 Prêmio Nobel de Física "por seus serviços à física teórica e, sobretudo, pela sua descoberta da lei do efeito fotoelétrico ", um passo fundamental no desenvolvimento da teoria quântica .

Perto do início de sua carreira, Einstein pensava que a mecânica newtoniana não era mais suficiente para reconciliar as leis da mecânica clássica com as leis do campo eletromagnético . Isso o levou a desenvolver sua teoria da relatividade especial durante seu tempo no escritório suíço de Patentes em Berna (1902-1909), Suíça. No entanto, ele percebeu que o princípio da relatividade também poderia ser estendido para campos gravitacionais, e ele publicou um artigo sobre a relatividade geral em 1916 com a sua teoria da gravitação. Ele continuou a lidar com problemas de mecânica estatística e teoria quântica, o que levou suas explicações da teoria das partículas e do movimento das moléculas . Ele também investigou as propriedades térmicas de luz que lançaram as bases do fóton teoria da luz. Em 1917, ele aplicou a teoria da relatividade geral para modelar a estrutura do universo.

Exceto por um ano, em Praga, Einstein viveu na Suíça entre 1895 e 1914, durante o qual ele renunciou à sua cidadania alemã em 1896, em seguida, recebeu seu diploma acadêmico do suíço Escola Politécnica Federal (mais tarde o Eidgenössische Technische Hochschule, ETH) em Zurique, em 1900. Depois de ser apátrida por mais de cinco anos, ele adquiriu cidadania suíça em 1901, que ele manteve durante o resto de sua vida. Em 1905, ele foi premiado com um doutoramento pela Universidade de Zurique . No mesmo ano, ele publicou quatro trabalhos inovadores durante seus renomados annus mirabilis (ano milagre) que o levaram ao conhecimento do mundo acadêmico com a idade de 26. Einstein ensinou física teórica na Zurique entre 1912 e 1914 antes de partir para Berlim, onde ele foi eleito para a Academia prussiana de Ciências .

Em 1933, quando Einstein estava visitando os Estados Unidos, Adolf Hitler chegou ao poder. Por causa de seu judaica fundo, Einstein não retornou para a Alemanha. Ele se estabeleceu nos Estados Unidos e tornou-se um cidadão americano em 1940. Na véspera da II Guerra Mundial , ele subscreveu uma carta ao presidente Franklin D. Roosevelt alertando-o para o potencial desenvolvimento de "bombas extremamente poderosas de um novo tipo" e recomendando que os EUA começar a pesquisa similar. Isto levou ao Projeto Manhattan . Einstein apoiou os Aliados , mas ele geralmente denunciou a idéia de usar a fissão nuclear como uma arma. Ele assinou o Manifesto Russell-Einstein com o filósofo britânico Bertrand Russell , que destacou o perigo de armas nucleares. Ele era afiliado com o Instituto de Estudos Avançados em Princeton, New Jersey, até sua morte em 1955.

Einstein publicou mais de 300 artigos científicos e mais de 150 obras não-científicas. Suas realizações intelectuais e originalidade fizeram a palavra "Einstein" sinônimo de "gênio". Eugene Wigner escreveu Einstein em comparação com seus contemporâneos que "a compreensão de Einstein era mais profundo até do que Jancsi von Neumann 's. Sua mente era tanto mais penetrante e mais original do que von Neumann. E isso é uma declaração muito notável."

Conteúdo

vida e carreira

Infância e educação

Um menino novo com cabelo curto e um rosto redondo, usando um colar branco e grande arco, com colete, casaco, saia e botas de cano alto.  Ele está encostado uma cadeira ornamentado.
Einstein com a idade de 3 em 1882
Foto do estúdio de um menino sentado em uma postura relaxada e vestindo um terno, levantado na frente de um pano de fundo de cenário.
Albert Einstein em 1893 (14 anos)
certificado de matrícula de Einstein com a idade de 17. O título lê "A Comissão de Educação do cantão de Aargau".  Suas partituras eram alemães 5, Francês 3, Italian 5, História 6, Geografia 4, Álgebra 6, Geometria 6, Geometria Descritiva 6, Física 6, Química 5, História Natural 5, Desenho da arte 4, Desenho Técnico 4. As pontuações são 6 = excelente, 5 = bom, 4 = suficiente, 3 = pobre; 2 = muito pobre, 1 = inutilizável.
Certificado de Einstein matrícula na idade de 17, mostrando suas notas finais da escola cantonal Argovian ( Aargauische Kantonsschule , em uma escala de 1-6, com 6 sendo a nota mais alta possível). Ele marcou: alemão 5; Francês 3; Italian 5; História 6; Geografia 4; Álgebra 6; Geometria 6; Geometria Descritiva 6; Física 6; Química 5; História Natural 5; Arte e Desenho Técnico 4.

Albert Einstein nasceu em Ulm , no Reino de Württemberg , no Império Alemão , em 14 de Março de 1879. Seus pais eram Hermann Einstein , um vendedor e engenheiro, e Pauline Koch . Em 1880, a família mudou-se para Munique , onde o pai de Einstein e seu tio Jakob fundada Elektrotechnische Fabrik J. Einstein & Cie , uma empresa que fabricava equipamentos elétricos baseado em corrente contínua .

Os Einsteins eram não-observantes asquenazes , e Albert participou de uma escola primária católica em Munique, a partir de 5 anos de idade, por três anos. Na idade de 8, ele foi transferido para o Luitpold Gymnasium (agora conhecido como o Albert Einstein Gymnasium), onde recebeu a educação primária e secundária avançada até que ele deixou o Império Alemão sete anos depois.

Em 1894, a empresa de Hermann e Jakob perdeu uma oferta para abastecer a cidade de Munich com iluminação elétrica porque não tinham capital para converter seus equipamentos do (DC) padrão direta atual para o mais eficiente corrente alternada convencional (CA). A perda forçou a venda da fábrica de Munique. Em busca de negócios, a família Einstein mudou para a Itália, primeiro para Milão e, alguns meses depois para Pavia . Quando a família se mudou para Pavia, Einstein, então com 15 anos, ficou em Munique para terminar seus estudos na Luitpold Gymnasium. Seu pai destinada a ele para perseguir engenharia elétrica , mas Einstein entraram em confronto com as autoridades e se ressentia método de regime e de ensino da escola. Mais tarde, ele escreveu que o espírito de aprendizado e pensamento criativo foi perdido em estrita aprendizagem mecânica . No final de dezembro de 1894, ele viajou para a Itália para se juntar à sua família em Pavia, convencendo a escola para deixá-lo ir usando um atestado médico. Durante seu tempo na Itália, ele escreveu um pequeno ensaio com o título "sobre a investigação do Estado do Éter em um campo magnético".

Einstein sempre se destacou em matemática e física desde tenra idade, atingindo uma matemáticas anos de nível à frente de seus pares. Os doze anos de idade Einstein aprendeu sozinho álgebra e geometria euclidiana sobre um único verão. Einstein também descobriram de forma independente a sua própria prova original do teorema de Pitágoras na idade 12. Um tutor família Max Talmud diz que depois de ter dado a 12 anos de idade Einstein um livro de geometria, depois de um curto período de tempo "[Einstein] tinha trabalhado através de todo o livro . Ele então se dedicou à matemática superior ... em breve o vôo de seu gênio matemático era tão alta que eu não poderia seguir." Sua paixão pela geometria e álgebra levou doze anos para se convencido de que a natureza poderia ser entendido como uma "estrutura matemática". Einstein começou a ensinar a si mesmo cálculo em 12, e como 14 anos de idade, ele diz que teve "dominado integrante e diferencial cálculo ".

Aos 13 anos, Einstein foi introduzido para Kant 's Crítica da Razão Pura , e Kant tornou-se seu filósofo favorito, seu tutor afirmando: "Na época, ele ainda era uma criança, apenas treze anos de idade, ainda obras de Kant, incompreensíveis para o comum dos mortais , parecia claro para ele ".

Em 1895, com a idade de 16, Einstein levou os exames de admissão para o suíço Politécnica Federal de Zurique (mais tarde o Eidgenössische Technische Hochschule, ETH). Ele não conseguiu alcançar o padrão exigido na parte geral do exame, mas obteve notas excepcionais em física e matemática. Seguindo o conselho do diretor da Politécnica, ele participou da Argovian escola cantonal ( ginásio ) em Aarau , Suíça, em 1895 e 1896 para completar o curso secundário. Enquanto o alojamento com a família do professor Jost Winteler, ele caiu no amor com a filha de Winteler, Marie. A irmã de Albert Maja depois se casou com o filho de Winteler Paul. Em janeiro de 1896, com a aprovação de seu pai, Einstein renunciou à sua cidadania no Reino alemã de Württemberg para evitar o serviço militar . Em setembro de 1896, ele passou o suíço Matura com principalmente boas notas, incluindo um alto grau de 6 em física e assuntos matemáticos, em uma escala de 1-6. Aos 17 anos, matriculou-se no quatro anos programa de diploma matemática e física de ensino na Politécnica de Zurique. Marie Winteler, que era um ano mais velho, mudou-se para Olsberg , na Suíça, para um cargo de professor.

A futura esposa de Einstein, a 20 anos de idade Serbian mulher Mileva Marić , também se matriculou na Politécnica naquele ano. Ela era a única mulher entre os seis estudantes na seção de matemática e física do curso de ensino diploma. Ao longo dos próximos anos, a amizade de Einstein e Marić desenvolvido em romance, e eles ler livros juntos em física extra-curricular em que Einstein estava tomando um interesse crescente. Em 1900, Einstein passou nos exames em Matemática e Física e foi premiado com o ensino diploma Politécnica Federal. Houve alegações de que Marić colaboraram com Einstein em seus trabalhos de 1905, conhecidos como Annus Mirabilis papéis , mas os historiadores da física que estudaram a questão encontrar nenhuma evidência de que ela fez quaisquer contribuições substantivas.

Casamentos e crianças

Cabeça e ombros tiro de um jovem, de bigode com cabelo escuro e encaracolado vestindo um terno xadrez e colete, camisa listrada e uma gravata escura.
Albert Einstein em 1904 (25 anos)

Uma correspondência precoce entre Einstein e Marić foi descoberto e publicado em 1987, que revelou que o casal teve uma filha chamada "Lieserl" , nasceu no início de 1902 em Novi Sad , onde Marić estava hospedado com seus pais. Marić voltou para a Suíça sem a criança, cujo nome verdadeiro e o destino é desconhecido. O conteúdo da carta de Einstein em setembro 1903 sugerem que a menina era ou dado para adoção ou morreu de escarlatina na infância.

Einstein, parecendo relaxado e segurando um cachimbo, está ao lado de um sorridente, Elsa bem vestido que está usando um envoltório chapéu e peles de fantasia.  Ela está olhando para ele.
Einstein com sua segunda esposa Elsa de 1921

Einstein e Marić casaram em janeiro de 1903. Em maio de 1904, seu filho Hans Albert Einstein nasceu em Berna , Suíça. Seu filho Eduard nasceu em Zurique em Julho de 1910. O casal se mudou para Berlim em abril de 1914, mas Marić voltou a Zurique com seus filhos depois de saber que atração romântica chefe de Einstein foi sua primeira e segunda prima Elsa. Eles se divorciaram em 14 de Fevereiro de 1919, tendo vivido separados por cinco anos. Eduard teve um colapso em cerca de 20 anos de idade e foi diagnosticado com esquizofrenia . Sua mãe cuidou dele e ele também se comprometeu a asilos por vários períodos, finalmente, ser cometido de forma permanente após a sua morte.

Em cartas reveladas em 2015, Einstein escreveu a seu início amor Marie Winteler sobre seu casamento e seus fortes sentimentos por ela. Ele escreveu em 1910, enquanto sua esposa estava grávida de seu segundo filho: "Eu penso em você de amor, cada minuto livre e estou tão infeliz como só um homem pode ser". Ele falou sobre um "amor mal orientado" e uma "vida desperdiçada" sobre seu amor por Marie.

Einstein se casou com Elsa Löwenthal em 1919, depois de ter um relacionamento com ela desde 1912. Ela era um primo de primeiro grau maternalmente e um primo de segundo grau paternalmente. Eles emigraram para os Estados Unidos em 1933. Elsa foi diagnosticado com problemas cardíacos e renais em 1935 e morreu em dezembro 1936.

Amigos

Entre amigos conhecidos de Einstein eram Michele Besso , Paul Ehrenfest , Marcel Grossmann , János Plesch , Daniel P. Posin , Maurice Solovine , e Stephen Wise .

Escritório de Patentes

Depois de se formar em 1900, Einstein passou quase dois anos frustrantes à procura de um cargo de professor. Ele adquiriu suíço cidadania em fevereiro de 1901, mas por razões médicas não foi convocado . Com a ajuda de Marcel Grossmann pai, ele conseguiu um emprego em Berna , no Instituto Federal de Propriedade Intelectual , o escritório de patentes, como um examinador assistente - nível III .

Einstein avaliada pedidos de patentes para uma variedade de dispositivos, incluindo um separador de cascalho e uma máquina de escrever electromecânico. Em 1903, a sua posição no Escritório de Patentes da Suíça tornou-se permanente, embora ele foi preterido para a promoção até que ele "totalmente dominado a tecnologia de máquina".

Muito de seu trabalho no escritório de patentes relacionadas com questões sobre transmissão de sinais elétricos e sincronização elétrico-mecânico de tempo, dois problemas técnicos que aparecem visivelmente nas experiências de pensamento que levou Einstein a suas conclusões radicais sobre a natureza da luz ea conexão fundamental entre espaço e tempo.

Com alguns amigos que conheceu em Berna, Einstein começou um pequeno grupo de discussão em 1902, auto-ironicamente chamado " A Academia Olympia ", que reuniu-se regularmente para discutir ciência e filosofia. Suas leituras incluiu as obras de Henri Poincaré , Ernst Mach e David Hume , o que influenciou sua visão científica e filosófica.

Primeiros trabalhos científicos

1921 retrato oficial de Einstein depois de receber o Prêmio Nobel de Física

Em 1900, o artigo de Einstein "Folgerungen aus den Capillaritätserscheinungen" ( "Conclusões do Capilaridade Phenomena") foi publicado na revista Annalen der Physik . Em 30 de Abril de 1905, Einstein completou a sua tese, com Alfred Kleiner , professor de Física Experimental, servindo como pro-forma conselheiro. Como resultado, Einstein foi premiado com um PhD pela Universidade de Zurique , com a sua dissertação " Uma nova determinação das dimensões moleculares ".

Nesse mesmo ano, o que tem sido chamado de Einstein annus mirabilis (ano milagre), publicou quatro artigos inovadores , sobre o efeito fotoelétrico, o movimento browniano , a relatividade especial , e a equivalência de massa e energia, que foram para trazê-lo ao conhecimento do mundo acadêmico, com a idade de 26.

Carreira acadêmica

Em 1908, ele foi reconhecido como um cientista líder e foi nomeado professor na Universidade de Berna . No ano seguinte, depois de dar uma palestra sobre a eletrodinâmica e do princípio da relatividade na Universidade de Zurique, Alfred Kleiner recomendou-o para a faculdade por um professor recém-criado em física teórica. Einstein foi nomeado professor associado em 1909.

Einstein tornou-se professor titular na German University Charles-Ferdinand em Praga em abril de 1911, aceitando austríaca cidadania no Império Austro-Húngaro a fazê-lo. Durante a sua estada em Praga, escreveu 11 trabalhos científicos, cinco deles em matemática radiação e sobre a teoria quântica de sólidos. Em julho de 1912, ele retornou à sua alma mater em Zurique. De 1912 até 1914, ele foi professor de física teórica na ETH Zurich , onde ensinou mecânica analítica e termodinâmica . Ele também estudou mecânica do contínuo , a teoria molecular do calor, eo problema da gravitação, no qual ele trabalhou com o matemático e amigo Marcel Grossmann .

Em 3 de julho de 1913, ele foi eleito para ser membro da Academia Prussiana de Ciências , em Berlim. Max Planck e Walther Nernst o visitou na semana seguinte em Zurique convencê-lo a se juntar a academia, oferecendo-lhe também o cargo de diretor do Instituto Kaiser Wilhelm de Física , que estava prestes a ser estabelecida. (Membro da Academia incluídos pago salário e de professor sem funções docentes na Universidade Humboldt de Berlim .) Ele foi eleito oficialmente para a academia em 24 de julho, e ele aceitou se mudar para o Império Alemão no ano seguinte. Sua decisão de se mudar para Berlim também foi influenciado pela perspectiva de viver perto de sua prima Elsa, com quem ele tinha desenvolvido um caso romântico. Ele ingressou na academia e, portanto, da Universidade de Berlim em 1 de Abril de 1914. Como a Primeira Guerra Mundial eclodiu naquele ano, o plano para Kaiser Wilhelm Instituto de Física foi abortada. O instituto foi estabelecido em 1 de Outubro de 1917, com Einstein como seu diretor. Em 1916, Einstein foi eleito presidente da Sociedade Alemã de Física (1916-1918).

Com base em cálculos Einstein feitas em 1911, sobre sua nova teoria da relatividade geral, a luz de outra estrela deve ser dobrado pela gravidade do Sol. Em 1919, essa previsão foi confirmada por Sir Arthur Eddington durante o eclipse solar de 29 de Maio 1919 . Essas observações foram publicadas na mídia internacional, tornando Einstein mundialmente famoso. Em 7 de novembro de 1919, o jornal britânico levando The Times publicou uma manchete que dizia: "Revolução na ciência - Nova Teoria do Universo - Idéias newtoniana derrubado".

Em 1920, ele se tornou um membro estrangeiro da Academia Real Holandesa de Artes e Ciências . Em 1922, ele foi premiado com o 1921 Prêmio Nobel de Física "para seus serviços à Física Teórica e, especialmente, pela sua descoberta da lei do efeito fotoelétrico". Enquanto a teoria da relatividade geral ainda era considerado um tanto controverso, a citação também não trata da obra citada como uma explicação , mas apenas como uma descoberta da lei , como a idéia de fótons foi considerado estranho e não recebeu aceitação universal até 1924 derivação do espectro de Planck por SN Bose . Einstein foi eleito membro estrangeiro da Royal Society (ForMemRS), em 1921 . Ele também recebeu a Medalha Copley da Royal Society em 1925.

1921-1922: viaja para o exterior

Albert Einstein em uma sessão do Comitê Internacional de Cooperação Intelectual ( Liga das Nações ) do qual ele era um membro 1922-1932.

Einstein visitou Nova York pela primeira vez em 2 de Abril de 1921, onde recebeu uma recepção oficial pelo prefeito John Francis Hylan , seguido por três semanas de palestras e recepções. Ele passou a oferecer várias palestras na Universidade de Columbia e da Universidade de Princeton , e em Washington, ele acompanhou representantes da Academia Nacional de Ciências em uma visita à Casa Branca . Em seu retorno à Europa, ele foi o convidado do estadista e filósofo britânico Visconde Haldane em Londres, onde conheceu várias figuras científicas, intelectuais e políticos de renome, e entregue uma palestra na Faculdade Londres do rei .

Ele também publicou um ensaio, "A minha primeira impressão dos EUA," em julho de 1921, em que ele tentou brevemente para descrever algumas características dos americanos, tanto quanto tinha Alexis de Tocqueville , que publicou suas impressões em Democracy in America (1835) . Para algumas de suas observações, Einstein era claramente surpreso: "O que impressiona o visitante é a atitude alegre, positiva para a vida ... O norte-americano é amigável, auto-confiante, otimista e sem inveja."

Em 1922, suas viagens o levaram para a Ásia e mais tarde para a Palestina, como parte de uma excursão de seis meses e turnê de palestras, como ele visitou Singapura , Ceilão e Japão , onde ele deu uma série de palestras para milhares de japoneses. Depois de sua primeira conferência pública, ele conheceu o imperador e imperatriz no Palácio Imperial , onde milhares vieram assistir. Em uma carta a seus filhos, ele descreveu sua impressão de que os japoneses como sendo modesto, inteligente, atencioso e ter uma verdadeira sensação para a arte. Em suas próprias diários de viagem de sua visita 1922-1923 para a Ásia, ele expressa algumas opiniões sobre os chineses, japoneses e indianos, que foram descritos como julgamentos xenófobas e racistas quando eles foram redescobertos em 2018.

Por causa das viagens de Einstein para o Extremo Oriente, ele era incapaz de aceitar pessoalmente o Prêmio Nobel de Física na cerimônia de premiação Estocolmo em dezembro de 1922. Em seu lugar, o discurso banquete foi realizado por um diplomata alemão, que elogiou Einstein não apenas como um cientista, mas também como um pacificador internacional e ativista.

Em sua viagem de retorno, ele visitou a Palestina por 12 dias em que viria a ser sua única visita a essa região. Ele foi saudado como se ele fosse um chefe de Estado, em vez de um físico, que incluiu uma saudação de canhão ao chegar na casa do alto comissário britânico, Sir Herbert Samuel . Durante uma recepção, o edifício foi invadido por pessoas que queriam ver e ouvi-lo. Na palestra de Einstein para o público, ele expressou a felicidade que o povo judeu estavam começando a ser reconhecida como uma força no mundo.

Einstein visitou a Espanha por duas semanas em 1923, onde se encontrou brevemente Santiago Ramón y Cajal e também recebeu um diploma de Rei Alfonso XIII nomeando-o um membro da Academia Espanhola de Ciências.

De 1922 a 1932, Einstein era um membro do Comitê Internacional de Cooperação Intelectual da Liga das Nações em Genebra (com alguns meses de interrupção em 1923-1924), um órgão criado para promover o intercâmbio internacional entre cientistas, pesquisadores, professores, artistas e intelectuais. Originalmente programado para servir como delegado suíço, secretário-geral Eric Drummond foi persuadido por ativistas católicos Oskar Halecki e Giuseppe Motta ao invés tê-lo tornar-se o delegado alemão, permitindo assim Gonzague de Reynold a tomar o local suíça, da qual ele promoveu tradicionalista católica valores. Ex-professor de física de Einstein Hendrik Lorentz e químico francês Marie Curie também eram membros do comitê.

1930-1931: Curso para os EUA

Em dezembro de 1930, Einstein visitou a América pela segunda vez, originalmente concebido como uma visita de trabalho de dois meses como um pesquisador do Instituto de Tecnologia da Califórnia . Após a atenção nacional que recebeu durante sua primeira viagem para os EUA, ele e seus arranjadores destinado a proteger a sua privacidade. Embora inundado com telegramas e convites para receber prêmios ou falar publicamente, ele recusou todos eles.

Depois de chegar em Nova York, Einstein foi levado para vários lugares e eventos, incluindo Chinatown , um almoço com os editores do The New York Times , e uma performance de Carmen na Metropolitan Opera , onde foi aplaudido pelo público em sua chegada . Durante os dias seguintes, ele recebeu as chaves da cidade pelo prefeito Jimmy Walker e encontrou o presidente da Universidade de Columbia, que descreveu Einstein como "o monarca da mente". Harry Emerson Fosdick , pastor em Nova York Riverside Church , deu Einstein uma excursão da igreja e mostrou-lhe uma estátua em tamanho real que a igreja feita de Einstein, de pé na entrada. Também durante a sua estada em Nova York, ele se juntou uma multidão de 15.000 pessoas no Madison Square Garden durante uma Hanukkah celebração.

Einstein (esquerda) e Charlie Chaplin no Hollywood estréia de Luzes da Cidade , janeiro 1931

Einstein seguinte viajou para a Califórnia, onde conheceu Caltech presidente e Prêmio Nobel, Robert A. Millikan . Sua amizade com Millikan era "estranho", como Millikan "tinha uma propensão para o militarismo patriótico", onde Einstein era um pronunciado pacifista . Durante um discurso para estudantes do Caltech, Einstein observou que a ciência era frequentemente inclinado a fazer mais mal do que bem.

Esta aversão à guerra também levou Einstein a amizade autor Upton Sinclair e estrela de cinema Charlie Chaplin , ambos conhecidos por sua pacifismo. Carl Laemmle , chefe da Universal Studios , deu Einstein uma excursão de seu estúdio e apresentou-o a Chaplin. Eles tinham uma comunicação instantânea, com Chaplin convidando Einstein e sua esposa, Elsa, a sua casa para o jantar. Chaplin disse persona fora de Einstein, calmo e gentil, parecia esconder um "temperamento altamente emocional", a partir do qual saiu o seu "extraordinária energia intelectual".

O filme de Chaplin, Luzes da Cidade , foi a estréia de alguns dias mais tarde, em Hollywood, e Chaplin convidou Einstein e Elsa se juntar a ele como seus convidados especiais. Walter Isaacson , biógrafo de Einstein, descreveu isso como "uma das cenas mais memoráveis da nova era da celebridade". Chaplin visitou Einstein em sua casa em uma viagem mais tarde a Berlim, e recordou o seu "pequeno apartamento modesto" eo piano em que ele tinha começado a escrever sua teoria. Chaplin especulado que era "possivelmente usada como lenha de madeira pelos nazistas."

1933: A emigração para os EUA

Dos desenhos animados de Einstein, que tem derramado suas asas "pacifismo", ao lado de uma coluna denominada "Paz Mundial". Ele está arregaçando as mangas e segurando uma espada denominada "preparação" (por Charles R. Macauley, c. 1933).

Em fevereiro 1933, durante uma visita aos Estados Unidos, Einstein sabia que não podia regressar à Alemanha com a ascensão ao poder dos nazistas sob nova chanceler da Alemanha, Adolf Hitler .

Enquanto em universidades norte-americanas no início de 1933, ele realizou sua terceira de dois meses de professor visitante no Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena. Ele e sua esposa Elsa voltou para a Bélgica por navio, em março, e durante a viagem eles aprenderam que sua casa foi invadida pelos nazistas e seu veleiro pessoais confiscados. Após o desembarque em Antuérpia em 28 de março, ele foi imediatamente para o consulado alemão e entregou seu passaporte, formalmente renunciar a sua cidadania alemã. Os nazistas mais tarde vendeu seu barco e converteu sua casa de campo em um Hitler Youth acampamento.

estatuto de refugiado

Cartão de Albert Einstein de aterragem (26 de maio 1933), quando ele desembarcou em Dover (Reino Unido) de Ostende (Bélgica) para visitar Oxford .

Em abril de 1933, Einstein descobriu que o novo governo alemão tinha passado leis barrando os judeus de realizar quaisquer posições oficiais, incluindo o ensino nas universidades. Historiador Gerald Holton descreve como, com "praticamente nenhum protesto audível sendo criados por seus colegas", milhares de cientistas judeus foram subitamente forçados a desistir de suas posições universitários e seus nomes foram retirados dos rolos de instituições em que foram empregadas.

Um mês depois, trabalhos de Einstein estavam entre os visados pela União dos Estudantes alemão nas queimas de livros nazistas , com o ministro de propaganda nazista Joseph Goebbels proclamando: "intelectualismo judaico está morto." Uma revista alemã incluído ele em uma lista de inimigos do regime alemão com a frase, "ainda não enforcado", oferecendo uma recompensa de US $ 5.000 em sua cabeça. Em carta posterior ao físico e amigo Max Born , que já haviam emigrado da Alemanha para a Inglaterra, Einstein escreveu: "... Devo confessar que o grau de sua brutalidade e covardia veio como uma surpresa." Depois de se mudar para os EUA, ele descreveu as queimas de livros como uma "explosão espontânea emocional" por aqueles que "evitam a iluminação popular," e "mais do que qualquer outra coisa no mundo, temem a influência de homens de independência intelectual."

Einstein estava agora sem um lar permanente, sem saber onde ele iria viver e trabalhar, e igualmente preocupado com o destino de inúmeros outros cientistas ainda na Alemanha. Ele alugou uma casa em De Haan, Bélgica, onde viveu por alguns meses. No final de julho de 1933, ele foi para a Inglaterra para cerca de seis semanas, a convite pessoal do oficial da marinha britânica Comandante Oliver Locker-Lampson , que havia se tornado amigo de Einstein nos anos anteriores. Para proteger Einstein, Locker-Lampson tinha dois assistentes vigiá-lo em sua casa de campo isolada fora de Londres, com uma foto deles carregando espingardas e guardando Einstein, publicado no Daily Herald em 24 de julho de 1933.

Locker-Lampson levou Einstein para atender Winston Churchill em sua casa e, mais tarde, Austen Chamberlain e ex-primeiro-ministro Lloyd George . Einstein pediu-lhes para ajudar a trazer cientistas judeus da Alemanha. Historiador britânico Martin Gilbert observa que Churchill respondeu imediatamente, e enviou o seu amigo, o físico Frederick Lindemann , para a Alemanha para buscar cientistas judeus e colocá-los em universidades britânicas. Churchill mais tarde observou que, como resultado da Alemanha de ter conduzido os judeus, eles tinham baixado suas "normas técnicas" e colocar os Aliados tecnologia à frente deles.

Einstein mais tarde contactado líderes de outras nações, incluindo a Turquia do primeiro-ministro, İsmet İnönü , a quem ele escreveu em setembro 1933 solicitando a colocação de desempregados cientistas alemães e judeus. Como resultado da carta de Einstein, os convidados judeus para a Turquia, eventualmente, totalizaram mais de "1.000 indivíduos salvos".

Locker-Lampson também apresentou um projeto de lei ao parlamento para estender a cidadania britânica para Einstein, período em que Einstein fez uma série de aparições públicas que descrevem a fabricação de cerveja crise na Europa. Em um de seus discursos, ele denunciou o tratamento dos judeus da Alemanha, enquanto, ao mesmo tempo, ele apresentou um projeto promoção da cidadania judaica na Palestina, como eles estavam sendo negada a cidadania em outro lugar. Em seu discurso, ele descreveu Einstein como um "cidadão do mundo", que deve ser oferecido um abrigo temporário no Reino Unido. Ambas as contas falhou, no entanto, e Einstein, em seguida, aceitou uma oferta mais cedo do Instituto de Estudos Avançados , em Princeton, New Jersey , EUA, para se tornar um estudioso residente.

estudioso residente no Instituto de Estudos Avançados

Retrato de Einstein tomada em 1935 em Princeton

Em outubro de 1933 Einstein voltou para os EUA e assumiu uma posição no Instituto de Estudos Avançados, conhecido por ter se tornado um refúgio para os cientistas que fogem da Alemanha nazista. Na época, a maioria das universidades americanas, como Harvard, Princeton e Yale, tinha pouca ou nenhuma faculdade judaica ou estudantes, como resultado de suas quotas judeus , que durou até o final de 1940.

Einstein ainda estava indeciso sobre seu futuro. Ele tinha ofertas de várias universidades europeias, incluindo Christ Church, em Oxford , onde permaneceu por três curtos períodos entre maio de 1931 e junho 1933 e foi oferecido um studentship de 5 anos, mas em 1935 ele chegou à decisão de permanecer permanentemente nos Estados Unidos e aplicar para a cidadania.

Filiação de Einstein com o Instituto de Estudos Avançados duraria até sua morte em 1955. Ele foi um dos primeiros quatro selecionados (dois dos outros são John von Neumann e Kurt Gödel ) no novo Instituto, onde ele logo desenvolveu uma estreita amizade com Gödel. Os dois iria fazer longas caminhadas juntos, discutindo seu trabalho. Bruria Kaufman , seu assistente, mais tarde se tornou um físico. Durante este período, Einstein tentou desenvolver uma teoria do campo unificado e para refutar a interpretação aceita de física quântica , ambos sem sucesso.

II Guerra Mundial e do Projeto Manhattan

Em 1939, um grupo de cientistas húngaros que incluiu físico émigré Leó Szilárd tentou alertar Washington com a pesquisa bomba atômica nazista em curso. Avisos do grupo foram descontados. Einstein e Szilárd, junto com outros refugiados, como Edward Teller e Eugene Wigner ", considerado como sua responsabilidade de alertar os americanos para a possibilidade de que cientistas alemães pode ganhar a corrida para construir uma bomba atômica , e para avisar que Hitler seria mais do que dispostos a recorrer a tal arma." Para ter certeza dos EUA estavam cientes do perigo, em julho de 1939, poucos meses antes do início da Segunda Guerra Mundial na Europa, Szilárd e Wigner visitou Einstein para explicar a possibilidade de bombas atômicas, o que Einstein, um pacifista, disse que tinha nunca considerou. Ele foi convidado a dar o seu apoio ao escrever uma carta , com Szilárd, ao presidente Roosevelt , recomendando os EUA prestar atenção e envolver-se em sua própria pesquisa de armas nucleares.

A carta é acreditado para ser "sem dúvida o estímulo fundamental para a adopção dos EUA de investigações sérias em armas nucleares na véspera da entrada dos EUA na Segunda Guerra Mundial". Além da carta, Einstein usou suas conexões com a família real belga e a rainha-mãe belga para obter acesso com um enviado pessoal ao Salão Oval da Casa Branca. Alguns dizem que, como resultado da carta de Einstein e seus encontros com Roosevelt, os EUA entraram na "corrida" para desenvolver a bomba, com base em seu "material de imensa, financeiros e recursos científicos" para iniciar o Projeto Manhattan .

Para Einstein, "a guerra era uma doença ... [e] chamou a resistência à guerra." Ao assinar a carta para Roosevelt, alguns argumentam que ele foi contra seus princípios pacifistas. Em 1954, um ano antes de sua morte, Einstein disse a seu velho amigo, Linus Pauling , "eu fiz um grande erro na minha vida, quando eu assinei a carta ao presidente Roosevelt recomendando que ser feitas bombas atômicas, mas houve alguma Justificação- o perigo de que os alemães iria torná-los ..."

Cidadania americana

Einstein aceitar a cidadania dos EUA certificado do juiz Phillip Forman

Einstein tornou-se um cidadão americano em 1940. Não muito tempo depois de se instalar em sua carreira no Instituto de Estudos Avançados (em Princeton, New Jersey), ele expressou sua apreciação da meritocracia na cultura americana, quando comparado com a Europa. Ele reconheceu o "direito dos indivíduos a dizer e pensar o que quisessem", sem barreiras sociais, e, como resultado, os indivíduos foram incentivados, disse ele, para ser mais criativo, um traço ele valorizou a partir de sua própria educação precoce.

Einstein se juntou a Associação Nacional para o Avanço das Pessoas de Cor (NAACP), em Princeton, onde ele fez campanha para os direitos civis dos afro-americanos. Ele considerou o racismo da América "pior doença", vendo-a como "transmitida de uma geração para a seguinte". Como parte de seu envolvimento, ele se correspondia com o ativista de direitos civis WEB Du Bois e estava preparado para testemunhar em seu nome durante seu julgamento em 1951. Quando Einstein ofereceu para ser uma testemunha de caráter para Du Bois, o juiz decidiu abandonar o caso.

Em 1946, Einstein visitou Lincoln University na Pensilvânia, uma faculdade historicamente negra , onde foi premiado com um grau honorário. (Lincoln foi a primeira universidade nos Estados Unidos para conceder graus universitários para os afro-americanos ; alunos incluem Langston Hughes e Thurgood Marshall .) Einstein fez um discurso sobre o racismo na América, acrescentando: "Eu não pretendo ficar quieto sobre isso." Um residente de Princeton recorda que Einstein já havia pago a mensalidade da faculdade para um estudante negro.

Vida pessoal

Einstein em 1947

Ajudando causas sionistas

Einstein era um líder figura em ajudar a estabelecer a Universidade Hebraica de Jerusalém , que abriu em 1925, e estava entre o primeiro Conselho de Governadores. Anteriormente, em 1921, ele foi convidado pelo bioquímico e presidente da Organização Sionista Mundial , Chaim Weizmann , para ajudar a levantar fundos para a universidade planejado. Ele também apresentou diversas sugestões de seus programas iniciais.

Entre aqueles, ele aconselhou primeiro criar um Instituto de Agricultura, a fim de resolver a terrenos não urbanizados. Que deve ser seguido, ele sugeriu, por um Instituto de Química e um Instituto de Microbiologia, para combater as várias epidemias em curso, tais como a malária , que ele chamou de um "mal" que estava minando um terço do desenvolvimento do país. O estabelecimento de um Instituto de Estudos Oriental, para incluir cursos de línguas dadas em hebraico e árabe, para a exploração científica do país e os seus monumentos históricos, também foi importante.

Chaim Weizmann mais tarde se tornou o primeiro presidente de Israel. Após a sua morte no exercício do mandato, em novembro de 1952 e, a pedido de Ezriel Carlebach , o primeiro-ministro David Ben-Gurion ofereceu Einstein a posição do presidente de Israel , um cargo principalmente cerimonial. A oferta foi apresentada pelo embaixador de Israel em Washington, Abba Eban , que explicou que a oferta "encarna o mais profundo respeito que o povo judeu pode repousar em qualquer um dos seus filhos". Einstein recusou, e escreveu em sua resposta que ele estava "profundamente comovido", e "ao mesmo tempo triste e envergonhado" que não podia aceitá-lo.

Amor da música

Einstein (à direita) com o escritor, músico e Prêmio Nobel Rabindranath Tagore de 1930

Einstein desenvolveu um apreço pela música em uma idade adiantada, e mais tarde escreveu: ". Se eu não fosse um físico, eu provavelmente seria um músico Muitas vezes penso na música Eu vivo meus devaneios na música eu vejo a minha vida em termos de.. música ... eu fico mais alegria na vida fora da música."

Sua mãe tocava piano razoavelmente bem e queria que seu filho para aprender o violino , não só para incutir nele o amor pela música, mas também para ajudá-lo a assimilar a cultura alemã . De acordo com o maestro Leon Botstein , Einstein começou a tocar quando ele tinha 5 anos, embora ele não apreciá-lo nessa idade.

Quando ele fez 13 anos, ele descobriu as sonatas para violino de Mozart , após "Einstein apaixonou-se" com a música de Mozart e estudou música com mais disposição. Ele aprendeu sozinho a tocar sem "nunca praticando sistematicamente", disse ele, decidindo que "o amor é um professor melhor do que um senso de dever." Aos 17 anos, ele foi ouvido por um examinador escola em Aarau enquanto ele tocava Beethoven 's sonatas para violino , o examinador afirmando depois que seu jogo era 'notável e reveladora de 'grande visão'.' O que impressionou o examinador, escreve Botstein, foi que Einstein "exibido um profundo amor à música, uma qualidade que foi e continua a ser escasso. Música possuía um significado incomum para esse estudante."

Música assumiu um papel fundamental e permanente na vida de Einstein a partir deste período. Embora a idéia de se tornar um músico profissional próprio não estava em sua mente, em qualquer momento, entre aqueles com os quais Einstein desempenhou música de câmara foram alguns profissionais, e ele se apresentou para o público privadas e amigos. Música de câmara também havia se tornado uma parte regular de sua vida social, enquanto vivia em Berna, Zurique e Berlim, onde tocou com Max Planck e seu filho, entre outros. Ele é às vezes erroneamente creditado como o editor da edição de 1937 do catálogo Köchel da obra de Mozart; essa edição foi preparada por Alfred Einstein , que pode ter sido um parente distante.

Em 1931, enquanto envolvidos na investigação no Instituto de Tecnologia da Califórnia, ele visitou o conservatório família Zoellner em Los Angeles, onde ele jogou algumas das obras de Beethoven e Mozart com os membros do Quarteto Zoellner . Perto do fim de sua vida, quando o jovem Quarteto Juilliard o visitou em Princeton, ele jogou seu violino com eles, e o quarteto estava "impressionado com o nível de Einstein de coordenação e entonação".

opiniões políticas e religiosas

Casual grupo tiro de quatro homens e duas mulheres que estão em um pavimento de tijolo.
Albert Einstein com sua esposa Elsa Einstein e líderes sionistas, incluindo o futuro presidente de Israel Chaim Weizmann , sua esposa Vera Weizmann , Menahem Ussishkin , e Ben-Zion Mossinson na chegada em Nova York em 1921

Visão política de Einstein era a favor do socialismo e crítico do capitalismo, que ele detalhou em seus ensaios, como " Por que o socialismo? ". Einstein ofereceu e foi chamado para dar julgamentos e opiniões sobre questões muitas vezes não relacionados à física teórica ou matemática. Ele defendeu fortemente a ideia de uma sociedade democrática governo global que iria verificar o poder dos Estados-nação, no âmbito de uma federação mundial. O FBI criou um dossiê secreto sobre Einstein em 1932, e pelo tempo de sua morte, seu arquivo do FBI era 1.427 páginas.

Einstein foi profundamente impressionado por Gandhi . Ele trocou cartas escritas com Gandhi, e chamou-o "um modelo para as gerações vindouras", em uma carta escrita por ele.

Einstein falou de sua visão espiritual em uma ampla variedade de escritos originais e entrevistas. Einstein afirmou que ele tinha simpatia pelo impessoal panteísta Deus da filosofia de Baruch Spinoza . Ele não acreditava em um Deus pessoal que se preocupa com o destino e as ações dos seres humanos, uma visão que ele descreveu como ingênuo. Ele esclareceu, no entanto, que "eu não sou um ateu", preferindo chamar-se um agnóstico , ou um "descrente profundamente religioso." Quando perguntado se ele acreditava em uma vida após a morte , Einstein respondeu: "Não. E uma vida é suficiente para mim."

Einstein era filiado principalmente com os não-religiosa humanista e Cultura Ética grupos, tanto no Reino Unido e EUA. Ele serviu no conselho consultivo da Primeira Humanist Society of New York , e era um associado honorário da Associação Racionalista , que publica New Humanist na Grã-Bretanha. Para o septuagésimo quinto aniversário da Sociedade de Nova York para a cultura ética , ele afirmou que a ideia de Cultura Ética encarnada sua concepção pessoal do que é mais valioso e duradouro no idealismo religioso. Ele observou, "Sem 'cultura ética' não há salvação para a humanidade."

Morte

Em 17 de abril de 1955, Einstein experimentou uma hemorragia interna causada pela ruptura de um aneurisma da aorta abdominal , que anteriormente tinha sido reforçada cirurgicamente por Rudolph Nissen em 1948. Ele tomou o rascunho de um discurso que ele estava se preparando para uma aparição na televisão comemorando o Estado de Israel sétimo aniversário com ele para o hospital, mas ele não viveu o tempo suficiente para concluí-lo.

Einstein recusou-se a cirurgia, dizendo: "Eu quero ir quando eu quero É de mau gosto para prolongar a vida artificialmente eu fiz a minha parte;.... É hora de ir eu vou fazê-lo com elegância" Ele morreu em Princeton Hospital cedo na manhã seguinte com a idade de 76, tendo continuado a trabalhar até perto do fim.

Durante a autópsia, o patologista de Princeton Hospital, Thomas Stoltz Harvey , removido o cérebro de Einstein para a preservação sem a permissão de sua família, na esperança de que a neurociência do futuro seria capaz de descobrir o que fez Einstein tão inteligente . Restos de Einstein foram cremados e suas cinzas foram espalhadas em um local não revelado.

Em uma palestra memorial emitido em 13 de dezembro de 1965, na sede da UNESCO, físico nuclear J. Robert Oppenheimer resumiu sua impressão de Einstein como uma pessoa: "Ele estava quase totalmente sem sofisticação e totalmente sem mundanismo ... Havia sempre com ele um maravilhoso pureza ao mesmo tempo infantil e profundamente teimoso ".

carreira científica

Ao longo de sua vida, Einstein publicou centenas de livros e artigos. Ele publicou mais de 300 artigos científicos e 150 os não-científicas. Em 5 de Dezembro de 2014, as universidades e os arquivos anunciou o lançamento de artigos de Einstein, que compreende mais de 30.000 documentos únicos. Realizações e originalidade intelectual de Einstein fizeram a palavra "Einstein" sinônimo de " gênio ". Além do trabalho que ele fez por si mesmo, ele também colaborou com outros cientistas em projetos adicionais, incluindo as estatísticas de Bose-Einstein , a geladeira Einstein e outros.

1905 - Annus Mirabilis papéis

Os Annus Mirabilis papéis são quatro artigos relativos ao efeito fotoelétrico (que deram origem à teoria quântica ), o movimento browniano , a teoria da relatividade especial , e E = mc 2 que Einstein publicados no Annalen der Physik revista científica em 1905. Estes quatro obras contribuiu substancialmente para a base da física moderna e mudou de vista sobre espaço , tempo e matéria . Os quatro papéis são:

Título (traduzido) Área de foco Recebido Publicados Significado
Em um ponto de vista heurístico relativo à produção e transformação de Luz Efeito fotoelétrico 18 de março 09 de junho Resolveu-se um quebra-cabeças não resolvido, sugerindo que a energia é trocado apenas em quantidades discretas ( quanta ). Esta ideia foi essencial para o desenvolvimento inicial da teoria quântica.
No movimento de partículas pequenas suspensas em um líquido estacionário, conforme exigido pela Teoria cinética molecular do calor movimento browniano 11 de maio 18 de julho Explicou evidência empírica para a teoria atômica , apoiando a aplicação da física estatística .
Sobre a eletrodinâmica dos corpos em movimento Relatividade especial 30 de junho 26 de setembro Reconciliados equações de Maxwell para eletricidade e magnetismo com as leis da mecânica através da introdução de alterações à mecânica, resultante da análise baseada em evidência empírica de que a velocidade da luz é independente do movimento do observador. Desacreditado o conceito de um " éter luminoso ".
Será que a inércia de um corpo depende do seu conteúdo de energia? equivalência matéria-energia 27 de setembro 21 de novembro Equivalência da matéria e da energia, E = mc 2 (e por consequência, a capacidade de gravidade a luz "curva"), a existência de " energia de repouso ", e a base de energia nucleares.

mecânica estatística

flutuações termodinâmicas e física estatística

O primeiro artigo de Einstein submetido em 1900 para Annalen der Physik estava na atracção capilar . Foi publicado em 1901 com o título "Folgerungen aus den Capillaritätserscheinungen", que se traduz como "Conclusões dos fenômenos capilaridade". Dois artigos que publicou em 1902-1903 (termodinâmica) tentaram interpretar atômica fenômenos a partir de um ponto de vista estatístico. Estes papéis foram a base para o artigo de 1905 sobre o movimento browniano, que mostrou que o movimento browniano pode ser interpretado como evidência sólida de que existem moléculas. Sua pesquisa em 1903 e 1904 foi principalmente preocupados com o efeito do tamanho atômico finita em fenômenos de difusão.

Teoria de opalescência crítica

Einstein devolvido para o problema das flutuações termodinâmicas, dá um tratamento das variações de densidade em um fluido no seu ponto crítico. Normalmente as flutuações de densidade são controlados pela segunda derivada da energia livre no que diz respeito à densidade. No ponto crítico, este derivado é zero, levando a grandes flutuações. O efeito da variação da densidade é que a luz de todos os comprimentos de onda é dispersa, tornando a aparência líquido leitoso branco. Einstein relaciona isso para espalhamento Rayleigh , que é o que acontece quando o tamanho da flutuação é muito menor do que o comprimento de onda, e que explica por que o céu é azul. Einstein quantitativamente derivado opalescência crítica a partir de um tratamento de flutuações de densidade, e como demonstrado tanto o efeito e espalhamento Rayleigh originam a constituição da matéria atomizada.

Relatividade especial

De Einstein " Zur Elektrodynamik bewegter Körper " ( "Sobre a eletrodinâmica dos corpos em movimento") foi recebido em 30 de junho 1905 e publicado em 26 de setembro do mesmo ano. Ele reconciliou conflitos entre as equações de Maxwell (as leis da eletricidade e magnetismo) e as leis da mecânica newtoniana através da introdução de alterações nas leis da mecânica. Observacionalmente, os efeitos destas alterações são mais evidentes a velocidades elevadas (onde os objectos se movem a velocidades próximas da velocidade da luz ). A teoria desenvolvida neste trabalho mais tarde ficou conhecido como teoria especial da relatividade de Einstein.

Este artigo prevê que, quando medido no quadro de um observador relativamente em movimento, um relógio transportada por um corpo em movimento parece abrandar , e o próprio corpo iria contrair em sua direção de movimento. Este trabalho também argumentou que a idéia de um éter luminífero -uma das entidades teóricas que levam em física na época, era supérfluo.

Em seu artigo sobre equivalência massa-energia , Einstein produziu E  =  mc 2 , como consequência de suas equações da relatividade especial. 1905 O trabalho de Einstein sobre a relatividade permaneceu controversa por muitos anos, mas foi aceito pelos principais físicos, começando com Max Planck .

Einstein originalmente enquadrado relatividade especial em termos de cinemática (o estudo dos corpos em movimento). Em 1908, Hermann Minkowski reinterpretado relatividade especial em termos geométricos como uma teoria do espaço-tempo . Einstein adotado o formalismo de Minkowski em sua 1,915 teoria geral da relatividade .

Relatividade geral

A relatividade geral e princípio da equivalência

círculo preto cobrindo o sol, raios visíveis em torno dele, em um céu escuro.
Eddington fotografia 's de um eclipse solar

Relatividade geral (GR) é uma teoria de gravitação que foi desenvolvido por Einstein entre 1907 e 1915. De acordo com a relatividade geral , a atracção gravitacional observados entre as massas resulta da deformação do espaço e do tempo por essas massas. A relatividade geral tornou-se uma ferramenta essencial na moderna astrofísica . Ele fornece a base para a compreensão atual de buracos negros , regiões do espaço onde a atração gravitacional é tão forte que nem mesmo a luz pode escapar.

Como Einstein disse mais tarde, a razão para o desenvolvimento da relatividade geral era de que a preferência dos movimentos inerciais dentro relatividade especial foi insatisfatório, enquanto uma teoria que, desde o início prefere nenhum estado de movimento (mesmo os acelerados) deve aparecer mais satisfatório. Consequentemente, em 1907, ele publicou um artigo sobre a aceleração, sob a relatividade especial. Nesse artigo intitulado "Sobre o Princípio da Relatividade e as conclusões extraídas It", ele argumentou que a queda livre é realmente movimento inercial, e que para um observador em queda livre as regras da relatividade especial deve aplicar. Este argumento é chamado o princípio da equivalência . No mesmo artigo, Einstein também previu o fenômeno da dilatação do tempo gravitacional , desvio gravitacional para o vermelho e deflexão da luz .

Em 1911, Einstein publicou um outro artigo "Sobre a influência da gravidade na propagação da luz" em expansão no artigo 1907, em que ele estimou a quantidade de deflexão da luz por corpos maciços. Deste modo, a previsão teórica de relatividade geral pode, pela primeira vez ser testados experimentalmente.

ondas gravitacionais

Em 1916, Einstein previu ondas gravitacionais , ondulações na curvatura do espaço-tempo que se propagam como ondas , viaja para o exterior a partir da fonte, o transporte de energia de radiação gravitacional. A existência de ondas gravitacionais é possível de acordo com a relatividade geral devido à sua invariância de Lorentz , que traz o conceito de uma velocidade finita da propagação das interacções físicas de gravidade com ele. Em contraste, as ondas gravitacionais não pode existir na teoria newtoniana da gravitação , que postula que as interacções físicas de gravidade se propagam à velocidade infinito.

O primeiro, indirecta, a detecção de ondas gravitacionais veio na década de 1970 através da observação de um par de perto que orbitam estrelas de neutrões , PSR B1913 + 16 . A explicação da deterioração no seu período orbital foi que foram emitindo ondas gravitacionais. A predição de Einstein foi confirmada em 11 de fevereiro de 2016, quando pesquisadores da LIGO publicou a primeira observação de ondas gravitacionais , detectado na Terra em 14 de setembro de 2015, exatamente cem anos depois da previsão.

argumento buraco e teoria Entwurf

Ao desenvolver a relatividade geral, Einstein tornou-se confuso sobre a invariância de calibre na teoria. Ele formulou um argumento que o levou a concluir que uma teoria de campo relativística geral é impossível. Ele deu-se à procura de equações tensor totalmente geralmente covariantes, e procurou equações que seria invariante sob apenas transformações lineares gerais.

Em junho de 1913, o ( "rascunho") teoria Entwurf foi o resultado dessas investigações. Como o seu nome sugere, que era um esboço de uma teoria, menos elegante e mais difícil do que a relatividade geral, com as equações do movimento suplementados por condições de fixação calibre adicionais. Após mais de dois anos de intenso trabalho, Einstein percebeu que o argumento buraco estava enganado e abandonado a teoria em novembro 1915.

cosmologia física

Em 1917, Einstein aplicada a teoria de relatividade geral para a estrutura do universo como um todo. Ele descobriu que as equações de campo gerais previu um universo que era dinâmico, seja contratual ou em expansão. Como evidência observacional para um universo dinâmico não era conhecido na época, Einstein introduziu um novo termo, a constante cosmológica , para as equações de campo, a fim de permitir que a teoria para prever um universo estático. As equações de campo modificadas previu um universo estático de curvatura fechada, de acordo com o entendimento de Einstein de princípio de Mach nestes anos. Este modelo ficou conhecido como o Mundial Einstein ou universo estático de Einstein .

Após a descoberta da recessão das nebulosas por Edwin Hubble em 1929, Einstein abandonou seu modelo estático do universo, e propôs dois modelos dinâmicos do cosmos, o universo Friedmann-Einstein de 1931 e o universo de Einstein-de Sitter de 1932. em cada um desses modelos, Einstein descartou a constante cosmológica, alegando que era "em qualquer caso, teoricamente insatisfatória".

Em muitas biografias de Einstein, alega-se que Einstein se referiu à constante cosmológica, anos mais tarde como seu "maior erro". O astrofísico Mario Livio lançou recentemente dúvida nesta reivindicação, sugerindo que pode ser exagerada.

No final de 2013, uma equipe liderada pelo físico irlandês Cormac O'Raifeartaigh descobriram evidências de que, logo após a aprendizagem de observações da recessão das nebulosas do Hubble, Einstein considerado um modelo de estado estacionário do universo. Em um manuscrito até então negligenciados, aparentemente escrito no início de 1931, Einstein explorou um modelo do universo em expansão em que a densidade da matéria permanece constante devido a uma criação contínua de matéria, um processo que ele associada à constante cosmológica. Como ele declarou no jornal, "No que se segue, eu gostaria de chamar a atenção para uma solução para a equação (1), que pode dar conta do Hubbel [ sic fatos], e no qual a densidade é constante ao longo do tempo" ... " Se se considera um volume fisicamente limitada, partículas de matéria serão continuamente deixando-o. para a densidade de permanecer constante, novas partículas de matéria deve ser formado continuamente no volume do espaço ".

Assim, parece que Einstein considerado um modelo de estado estacionário das universo em expansão, muitos anos antes Hoyle, Bondi e Gold. No entanto, o modelo de estado estacionário de Einstein continha uma falha fundamental e ele rapidamente abandonou a idéia.

pseudotensor momentum de energia

A relatividade geral inclui um espaço-tempo dinâmico, por isso é difícil ver como identificar a energia conservada e momento. O teorema de Noether permite que essas quantidades a determinar de uma Lagrangeana com invariância de tradução , mas covariância geral faz invariância de tradução em uma espécie de simetria de calibre . A energia e impulso derivado dentro relatividade geral por prescrições de Noether não fazer uma verdadeira tensor por este motivo.

Einstein argumentou que isso é verdade, por razões fundamentais, porque o campo gravitacional poderia ser feita a desaparecer por uma escolha de coordenadas. Ele sustentou que a pseudotensor não-covariante energia impulso foi de facto a melhor descrição da distribuição momentum de energia em um campo gravitacional. Esta abordagem tem sido ecoada por Lev Landau e Evgeny Lifshitz , e outros, e tornou-se padrão.

O uso de objetos não-covariantes como pseudotensors foi duramente criticado em 1917 por Erwin Schrödinger e outros.

wormholes

Em 1935, Einstein colaborou com Nathan Rosen para produzir um modelo de um buraco de minhoca , muitas vezes chamado de pontes Einstein-Rosen . Sua motivação foi modelar partículas elementares com carga como uma solução de equações de campo gravitacional, em linha com o programa descrito no documento intitulado "Do Gravitacional Campos desempenhar um papel importante na Constituição da Partículas Elementares?". Estas soluções cortadas e coladas Schwarzschild buracos negros para fazer uma ponte entre duas manchas.

Se uma extremidade de um buraco de minhoca foi carregada positivamente, a outra extremidade seria carregado negativamente. Estas propriedades conduziram Einstein para acreditar que os pares de partículas e anti-partículas pode ser descrito desta forma.

teoria de Einstein-Cartan

Einstein, sentado em uma mesa, olha para cima dos papéis que ele está lendo e na câmera.
Einstein em seu escritório, Universidade de Berlim de 1920

A fim de incorporar as partículas de ponto de fiação em relatividade geral, a conexão afim precisava de ser generalizada para incluir uma parte antissimétrico, chamado de torção . Esta modificação foi feita por Einstein e Cartan na década de 1920.

Equações de movimento

A teoria de relatividade geral tem uma lei-os fundamentais equações de Einstein que descrevem como curvas espaciais, a equação geodésica que descreve como partículas se movem podem ser derivadas das equações de Einstein.

Desde as equações da relatividade geral são não-lineares, um pedaço de energia feita de campos gravitacionais puros, como um buraco negro, se moveria em uma trajetória que é determinada pela Einstein equações si mesmos, não por uma nova lei. Então Einstein propôs que o caminho de uma solução singular, como um buraco negro, seria determinada a ser uma geodésica da própria relatividade geral.

Este foi estabelecida por Einstein, Infeld e Hoffmann para objetos pointlike sem momento angular, e por Roy Kerr para girar objetos.

teoria quântica de idade

Fótons e quanta energia

O efeito fotoelétrico. fotões de entrada do lado esquerdo atingir uma placa de metal (inferior), e ejectar electrões, representados como a voar para a direita.

Num artigo de 1905, Einstein postulado que a própria luz é constituído por partículas localizadas ( quanta ). Quanta de luz de Einstein foram quase universalmente rejeitado por todos os físicos, incluindo Max Planck e Niels Bohr. Essa idéia só se tornou universalmente aceito em 1919, com Robert Millikan experimentos detalhados 's sobre o efeito fotoelétrico, e com a medida de espalhamento Compton .

Einstein concluiu que cada onda de frequência f é associado com um conjunto de fotões com uma energia hf cada, onde h é a constante de Planck . Ele não diz muito mais, porque ele não tem certeza de como as partículas estão relacionados com a onda. Mas ele sugere que essa idéia poderia explicar certos resultados experimentais, nomeadamente o efeito fotoelétrico.

vibrações atômicas Quantized

Em 1907, Einstein proposto um modelo de matéria em que cada átomo de uma estrutura de rede é um oscilador harmónica independente. No modelo de Einstein, cada átomo oscila independentemente, uma série de estados quantificados igualmente espaçadas para cada oscilador. Einstein estava ciente de que a obtenção da frequência das oscilações reais seria difícil, mas, no entanto, propôs esta teoria, porque foi uma demonstração particularmente claro que a mecânica quântica poderia resolver o problema do calor específico em mecânica clássica. Peter Debye refinado este modelo.

princípio adiabática e variáveis ​​medidas angulares

Ao longo da década de 1910, a mecânica quântica expandiu em escopo para cobrir muitos sistemas diferentes. Depois de Ernest Rutherford descobriu o núcleo e proposto que os electrões orbitam como planetas, Niels Bohr foi capaz de mostrar que os mesmos postulados da mecânica quântica introduzidas por Planck e desenvolvidos por Einstein explicaria o movimento discreto de electrões em átomos, e a tabela periódica dos elementos .

Einstein contribuíram para estes desenvolvimentos, ligando-os com os de 1898 argumentos Wilhelm Wien tinha feito. Wien tinham mostrado que a hipótese de invariância adiabática de um estado de equilíbrio térmico permite que todas as curvas de corpo negro à temperatura diferente a ser derivada de uma outra por um processo de deslocamento simples . Einstein observado em 1911 que o mesmo princípio adiabático mostra que a quantidade que é quantizado em qualquer movimento mecânico deve ser uma invariante adiabica. Arnold Sommerfeld identificou este invariante adiabático como a variável de ação da mecânica clássica.

estatísticas de Bose-Einstein

Em 1924, Einstein recebeu uma descrição de uma estatística modelo de físico indiano Satyendra Nath Bose , com base num método de contagem que assumido que a luz poderia ser entendido como um gás de partículas indistinguíveis. Einstein notar que as estatísticas de Bose aplicado a alguns átomos, bem como para as partículas de luz propostos, e apresentou a sua tradução de papel de Bose para o Zeitschrift für Physik . Einstein também publicou seus próprios artigos que descrevem o modelo e suas implicações, entre eles o condensado de Bose-Einstein fenômeno que algumas partículas devem aparecer em temperaturas muito baixas. Não foi até 1995, de que a primeira, tais condensado foi produzido experimentalmente por Eric Allin Cornell e Carl Wieman utilizando ultra-arrefecimento equipamento construído no NIST - JILA laboratório na Universidade do Colorado, Boulder, . Estatísticas de Bose-Einstein são agora usados para descrever o comportamento de qualquer conjunto de bósons . Esboços de Einstein para este projecto pode ser visto no Einstein Archive na biblioteca da Universidade de Leiden.

dualidade onda-partícula

Einstein durante sua visita aos Estados Unidos

Embora o escritório de patentes promovido Einstein para Técnico Examiner Segunda Classe em 1906, ele não tinha desistido de academia. Em 1908, ele se tornou um Privatdozent na Universidade de Berna. Em " Über die Entwicklung unserer Anschauungen über das Wesen und die Konstitution der Strahlung " ( " O Desenvolvimento de nossos pontos de vista sobre a composição e Essence of Radiation "), na quantização da luz, e em um trabalho anterior de 1909, Einstein mostrou que Max quanta energia de Planck deve ter bem definida momentos e agir em alguns aspectos, como independentes, partículas pontuais-like . Este artigo introduziu o fóton conceito (embora o nome de fótons foi introduzida mais tarde por Gilbert N. Lewis em 1926) e inspirou a noção de dualidade onda-partícula na mecânica quântica . Einstein viu essa dualidade onda-partícula da radiação como prova concreta para a sua convicção de que a física necessária uma base nova e unificada.

A energia ponto zero

Em uma série de obras concluídas 1911-1913, Planck reformulou sua teoria quântica de 1900 e introduziu a idéia de energia do ponto zero em sua "segunda teoria quântica". Logo, essa idéia atraiu a atenção de Einstein e seu assistente Otto Stern . Assumindo que a energia de rotação moléculas diatómicas contém energia do ponto zero, que, em seguida, comparado o calor específico teórico de gás de hidrogénio com os dados experimentais. Os números combinados bem. No entanto, depois da divulgação dos resultados, eles prontamente retiraram seu apoio, porque eles não tinham mais confiança na justeza da idéia de energia do ponto zero.

Emissão estimulada

Em 1917, no auge de seu trabalho sobre a relatividade, Einstein publicou um artigo no Physikalische Zeitschrift que propôs a possibilidade de emissão estimulada , o processo físico que possibilita a maser e do laser de . Este artigo mostrou que as estatísticas de absorção e de emissão de luz só seria consistente com a lei de Planck distribuição se a emissão de luz num modo com n fotões seria aumentada estatisticamente em comparação com a emissão de luz em um modo de vazio. Este artigo foi enormemente influente no desenvolvimento posterior da mecânica quântica, porque ele foi o primeiro papel para mostrar que as estatísticas de transições atômicas tinham leis simples.

ondas de matéria

Einstein descobriu Louis de Broglie trabalho 's e apoiou suas idéias, que foram recebidos com ceticismo em primeiro lugar. Em outro grande papel a partir desta época, Einstein deu uma equação de onda para ondas de Broglie , que Einstein sugeriu foi a equação de Hamilton-Jacobi da mecânica. Este artigo iria inspirar o trabalho de 1926 de Schrödinger.

Mecânica quântica

objeções de Einstein com a mecânica quântica

manchete de jornal em 4 de maio de 1935

Einstein estava descontente com modernas mecânica quântica, uma vez que tinha evoluído depois de 1925. Ao contrário da crença popular, as suas dúvidas não eram devido a uma convicção de que Deus "não está jogando no jogo de dados." Na verdade, foi o próprio Einstein, em seu artigo de 1917, que propôs a possibilidade de emissão estimulada , quem primeiro propôs o papel fundamental da hipótese para explicar processos quânticos. Em vez disso, ele se opôs ao que a mecânica quântica implica sobre a natureza da realidade. Einstein acreditava que uma realidade física existe independente de nossa capacidade de observá-lo. Em contraste, Bohr e seus seguidores sustentavam que tudo o que podemos saber são os resultados das medições e observações, e que não faz sentido especular sobre uma realidade última que existe para além das nossas percepções.

Bohr contra Einstein

Dois homens sentados, olhando relaxado.  A Bohr de cabelo escuro está falando enquanto Einstein parece cético.
Einstein e Niels Bohr de 1925

Os debates Bohr-Einstein eram uma série de disputas públicas sobre a mecânica quântica entre Einstein e Niels Bohr , que foram dois dos seus fundadores. Seus debates são lembrados por causa de sua importância para a filosofia da ciência . Seus debates influenciaria posteriores interpretações da mecânica quântica .

Einstein-Podolsky-Rosen paradoxo

Em 1935, Einstein voltou a mecânica quântica, em particular, para a questão da sua integralidade, no "papel EPR" . Em um experimento de pensamento , ele considerou duas partículas que tinha interagiram de forma que suas propriedades foram fortemente correlacionados. Não importa quão longe as duas partículas foram separadas, uma medição da posição precisa sobre uma partícula iria resultar no conhecimento igualmente preciso da posição do outro da partícula; de igual modo uma medição dinâmica precisa de uma partícula resultaria em conhecimento igualmente precisa do impulso da outra partícula, sem a necessidade de perturbar a outra partícula de qualquer forma.

Dado conceito de Einstein realismo locais , há duas possibilidades: (1) quer a outra partícula teve estas propriedades já determinado, ou (2) o processo de medir a primeira partícula afectada instantaneamente a realidade da posição e do momento da segunda partícula. Einstein rejeitou esta segunda possibilidade (popularmente chamado de "ação fantasmagórica à distância").

A crença de Einstein no realismo local, levou-o a afirmar que, enquanto a correção da mecânica quântica não estava em questão, deve ser incompleta. Mas, como um princípio físico, o realismo local mostrou-se incorreta quando o experimento Aspecto de 1982 confirmou o teorema de Bell , que JS Sino tinha delineado em 1964. Os resultados destes e subsequentes experiências demonstram que a física quântica não pode ser representado por qualquer versão do imagem da física em que "partículas são consideradas como entidades clássicos do tipo independente não relacionada, cada uma sendo capaz de comunicar com a outra depois de se ter separado."

Embora Einstein estava errado sobre o realismo local, sua previsão clara das propriedades incomuns de seu oposto, estados quânticos emaranhados , resultou no papel EPR tornando-se entre os dez melhores trabalhos publicados na Physical Review . É considerado uma peça central do desenvolvimento da teoria quântica da informação .

teoria do campo unificado

Depois de sua pesquisa sobre a relatividade geral, Einstein entrou em uma série de tentativas de generalizar sua teoria geométrica da gravitação para incluir o eletromagnetismo como outro aspecto de uma única entidade. Em 1950, ele descreveu sua " teoria do campo unificado " em Scientific American artigo intitulado "Sobre a Teoria Geral de Gravitation". Embora continuasse a ser elogiado por seu trabalho, Einstein tornou-se cada vez mais isolado em sua pesquisa, e seus esforços foram infrutíferas. Em sua busca de uma unificação das forças fundamentais, Einstein ignorou alguns desenvolvimentos principais em física, principalmente os fortes e forças nucleares fracas , que não foram bem compreendidos até muitos anos após sua morte. Física mainstream, por sua vez, largamente ignorado abordagens de Einstein para a unificação. O sonho de Einstein de unificar outras leis da física com a gravidade motiva missões modernas para uma teoria de tudo e, em particular, a teoria das cordas , onde os campos geométricas surgem em um ambiente unificado da mecânica quântica.

outras investigações

Einstein realizou outras investigações que não tiveram sucesso e abandonado. Estes dizem respeito à força , a supercondutividade , e outras pesquisas.

A colaboração com outros cientistas

1927 Conferência de Solvay , em Bruxelas, uma reunião de maiores físicos do mundo. Einstein está no centro.

Além de colaboradores de longa data Leopold Infeld , Nathan Rosen , Peter Bergmann e outros, Einstein também teve algumas colaborações one-shot com vários cientistas.

experimento Einstein-de Haas

Einstein e De Haas demonstraram que a magnetização é devida ao movimento de electrões, hoje em dia conhecidos por serem a rotação. De modo a mostrar isto, eles inverteu a magnetização em uma barra de ferro suspenso em um pêndulo de torção . Eles confirmaram que isso leva a barra a girar, porque o momento angular do elétron muda conforme as mudanças de magnetização. Esta experiência necessária para ser sensível, porque o momento angular associado com elétrons é pequeno, mas definitivamente estabelecido que o movimento de elétrons de algum tipo é responsável por magnetização.

modelo de gás Schrödinger

Einstein sugeriu a Erwin Schrödinger que ele poderia ser capaz de reproduzir as estatísticas de um gás de Bose-Einstein , considerando uma caixa. Então, para cada possível movimento quântico de uma partícula em uma caixa de associar um oscilador harmônico independente. Quantização estes osciladores, cada nível terá um número inteiro ocupação, que irá ser o número de partículas em solução.

Esta formulação é uma forma de segunda quantização , mas antecede modernos mecânica quântica. Erwin Schrödinger aplicado este para derivar os termodinâmicos propriedades de um semiclássico gás ideal . Schrödinger pediu Einstein para adicionar seu nome como co-autor, embora Einstein recusou o convite.

Einstein geladeira

Em 1926, Einstein e seu ex-aluno Leó Szilárd co-inventou (e em 1930, patenteado) da geladeira Einstein . Este refrigerador de absorção foi então revolucionária para ter não há partes móveis e usando somente o calor como uma entrada. Em 11 de novembro de 1930, patente US 1781541 foi atribuído a Einstein e Leó Szilárd para o frigorífico. Sua invenção não foi imediatamente colocado em produção comercial, e o mais promissor de suas patentes foram adquiridas pela empresa sueca Electrolux .

legado não-científica

Ao viajar, Einstein escreveu diariamente para sua esposa Elsa e enteadas adotadas Margot e Ilse. As letras foram incluídos nos documentos legados para a Universidade Hebraica . Margot Einstein permitidas as cartas pessoais a serem disponibilizados ao público, mas pediu que não ser feito até vinte anos depois de sua morte (morreu em 1986). Einstein tinha expressado seu interesse no encanamento profissão e foi nomeado membro honorário da União Encanadores e calefação. Barbara Wolff, da Universidade Hebraica de Albert Einstein Arquivos , disse à BBC que há cerca de 3.500 páginas de correspondência privada escritos entre 1912 e 1955.

Corbis , sucessor A Agência Richman Roger, licencia o uso de seu nome e imagens associadas, como agente para a universidade.

Na cultura popular

No período antes da Segunda Guerra Mundial, The New Yorker publicou uma vinheta em seu "The Talk of the Town" recurso dizendo que Einstein era tão conhecido na América que ele iria ser parado na rua por pessoas que querem ele para explicar "que a teoria ". Ele finalmente descobri uma maneira de lidar com as perguntas incessantes. Ele disse aos seus inquiridores "Perdoe-me, desculpe! Sempre me engano para Professor Einstein."

Einstein foi o assunto de ou a inspiração para muitas novelas, filmes, peças de teatro, e obras de música. Ele é um modelo favorito para representações de cientistas loucos e professores distraídos ; seu rosto expressivo e penteado distintivo têm sido amplamente copiado e exagerada. Tempo da revista Frederic Ouro escreveu que Einstein era "o sonho de um cartunista se tornar realidade".

Muitos populares citações são muitas vezes mal atribuída a ele.

Premios e honras

Einstein recebeu inúmeros prêmios e honrarias e em 1922 ele foi premiado com o 1921 Prêmio Nobel de Física "para seus serviços à Física Teórica e, especialmente, pela sua descoberta da lei do efeito fotoelétrico". Nenhuma das nomeações em 1921 preencheram os critérios estabelecidos por Alfred Nobel , por isso o prêmio 1921 foi levado adiante e atribuído a Einstein em 1922.

Publicações

As seguintes publicações de Einstein são referenciados neste artigo. Uma lista mais completa de suas publicações podem ser encontradas em Lista de publicações científicas por Albert Einstein .
  • Einstein, Albert (1901) [Artigo submetido em: 16 de dezembro de 1900]. Escrito em Zurique, Suíça. "Folgerungen aus den Capillaritätserscheinungen" [conclusões retiradas dos Fenômenos da capilaridade]. Annalen der Physik (Berlim) (em alemão). Hoboken, NJ (publicado em março, 2006 14). 309 (3): 513-523. Bibcode : 1901AnP ... 309..513E . doi : 10.1002 / andp.19013090306 - via Wiley Online Library.
  • Einstein, Albert (1905a) [Artigo submetido em: 18 mar, 1905]. Escrito em Berna, Suíça. "Über einen morrer Erzeugung und Verwandlung des Lichtes betreffenden heuristischen Gesichtspunkt" [Em um ponto de vista heurístico relativo à produção e transformação da Light] (PDF) . Annalen der Physik (Berlim) (em alemão). Hoboken, NJ (publicado março 2006 10). 322 (6): 132-148. Bibcode : 1905AnP ... 322..132E . doi : 10.1002 / andp.19053220607 - via Wiley Online Library.
  • Einstein, Albert (1905b) [Terminado 30 de Abril e submetida 20 de julho de 1905]. Escrito em Berna, na Suíça, publicado pela Wyss Buchdruckerei. Eine neue Bestimmung der Moleküldimensionen [ Uma nova determinação de dimensões moleculares ] (PDF) . Dissertationen Universität Zürich (Tese de Doutoramento) (em alemão). Zurique, Suíça: ETH Zürich (publicado em 2008). doi : 10,3929 / ETH-a-000565688 - via ETH Bibliothek.
  • Einstein, Albert (1905c) [Artigo submetido em: 11 de maio de 1905]. Escrito em Berna, Suíça. "Über die von der molekularkinetischen Theorie der Wärme geforderte Bewegung von in ruhenden Flüssigkeiten suspendierten Teilchen " [Sobre a Motion - Requerido pela Molecular teoria cinética dos Heat - de pequenas partículas suspensas em uma estacionária líquida]. Annalen der Physik (Berlim) (em alemão). Hoboken, NJ (publicado março 2006 10). 322 (8): 549-560. Bibcode : 1905AnP ... 322..549E . doi : 10.1002 / andp.19053220806 . HDL : 10915/2785 - via Wiley Online Library.
  • Einstein, Albert (1905d) [Artigo submetido em: 30 de junho, 1905]. Escrito em Berna, Suíça. "Zur Elektrodynamik bewegter Körper" [Sobre a eletrodinâmica dos corpos em movimento]. Annalen der Physik (Berlin) (manuscrito submetido) (em alemão). Hoboken, NJ (publicado março 2006 10). 322 (10): 891-921. Bibcode : 1905AnP ... 322..891E . doi : 10.1002 / andp.19053221004 . HDL : 10915/2786 - via Wiley Online Library.
  • Einstein, Albert (1905e) [Artigo submetido em: 27 de setembro de 1905]. Escrito em Berna, Suíça. "Ist die Trägheit eines Körpers von seinem Energieinhalt abhängig?" [Será que a inércia de um corpo depende do seu conteúdo de energia?]. Annalen der Physik (Berlim) (em alemão). Hoboken, NJ (publicado março 2006 10). 323 (13): 639-641. Bibcode : 1905AnP ... 323..639E . doi : 10.1002 / andp.19053231314 - via Wiley Online Library.
  • Einstein, Albert (1915) [Publicado novembro 1915 25]. "Die Feldgleichungen der Gravitation" [As equações de campo da Gravitação] (imagens de páginas on-line) (em alemão). Berlim, Alemanha: Königlich Preussische Akademie der Wissenschaften : 844-847 - através do ECHO, Cultural Heritage on-line, do Instituto Max Planck para a História da Ciência.
  • Einstein, Albert (1917a). "Kosmologische Betrachtungen zur allgemeinen Relativitätstheorie" [Considerações cosmológicas na Teoria Geral da Relatividade] (em alemão). Königlich Preussische Akademie der Wissenschaften , Berlim.
  • Einstein, Albert (1917b). "Zur Quantentheorie der Strahlung" [sobre a mecânica quântica de radiação]. Physikalische Zeitschrift (em alemão). 18 : 121-128. Bibcode : 1917PhyZ ... 18..121E .
  • Einstein, Albert (1923) [Publicado pela primeira vez 1923, em Inglês 1967]. Escrito em Gotemburgo. Grundgedanken und Probleme der Relativitätstheorie [ Idéias Fundamentais e problemas da Teoria da Relatividade ] (PDF) (Speech). Palestra proferida à Assembleia Nordic de Naturalistas em Gotemburgo, 11 de Julho de 1923. Nobel Lectures, Physics 1901-1921 (em alemão (1923) e Inglês (1967)). Estocolmo: Nobelprice.org (publicado 03 de fevereiro de 2015) - via Nobel de mídia AB 2014.
  • Einstein, Albert (1924) [Publicado julho 1924 10]. "Quantentheorie des einatomigen idealen Gases" [A teoria quântica dos gases ideais monoatômicos] (imagens de páginas on-line) . Der Sitzungsberichte Preussischen Akademie der Wissenschaften, Physikalisch-Mathematische Klasse (em alemão): 261-267 - através do ECHO, Cultural Heritage on-line, do Instituto Max Planck para a História da Ciência.. Primeiro de uma série de artigos sobre este tema.
  • Einstein, Albert (12 de março 1926) [Cover Data 01 março de 1926]. Escrito em Berlim. "Die Ursache der Mäanderbildung der Flußläufe und des sogenannten Baerschen Gesetzes" [Na lei de Baer e serpenteia nos cursos de rios]. Die Naturwissenschaften (em alemão). Heidelberg, Alemanha. 14 (11): 223-224. Bibcode : 1926NW ..... 14..223E . doi : 10,1007 / BF01510300 . ISSN  1432-1904 - via SpringerLink.
  • Einstein, Albert (1926b). Escrito em Berna, Suíça. R. Furth, ed. Investigações sobre a Teoria do Movimento Browniano (PDF) . Traduzido por AD Cowper. EUA: Dover Publications (publicado 1956). ISBN  978-1-60796-285-4 . Retirado 2015/01/04 .
  • Einstein, Albert; Podolsky, Boris; Rosen, Nathan (15 de Maio 1935) [Recebidos março 1935 25]. "Pode Mecânica Quântica da Realidade Física Pode Ser Considerada Completa?" . Physical Review (manuscrito submetido). 47 (10): 777-780. Bibcode : 1935PhRv ... 47..777E . doi : 10,1103 / PhysRev.47.777 - via APS Revistas.
  • Einstein, Albert (9 de novembro 1940). Em Ciência e Religião . Nature . 146 . pp. 605-607. Bibcode : 1940Natur.146..605E . doi : 10.1038 / 146605a0 . ISBN  978-0-7073-0453-3 .
  • Einstein, Albert; et al. (04 de dezembro de 1948). "Para os editores do The New York Times" . The New York Times . Melville, Nova York: AIP, American Inst. de Física. ISBN  0-7354-0359-7 .
  • Einstein, Albert (maio de 1949). "Por que o socialismo? (Reprise)" . Resenha mensal . New York: Monthly Review Foundation (publicado em Maio de 2009). Arquivado a partir do original em 11 de janeiro de 2006 . Retirado 16 de Janeiro de 2006 - via MonthlyReview.org.
  • Einstein, Albert (1950). "Na teoria generalizada da Gravitação". Scientific American . CLXXXII (4): 13-17. Bibcode : 1950SciAm.182d..13E . doi : 10.1038 / scientificamerican0450-13 .
  • Einstein, Albert (1954). Ideias e Opiniões . New York: Random House. ISBN  978-0-517-00393-0 .
  • Einstein, Albert (1969). Albert Einstein, Hedwig und Max Born: Briefwechsel 1916-1955 (em alemão). Munique: Nymphenburger Verlagshandlung. ISBN  978-3-88682-005-4 .
  • Einstein, Albert (1979). Notas autobiográficas . Paul Arthur Schilpp (ed Centennial.). Chicago: Open Court. ISBN  978-0-87548-352-8 .. A um feixe de luz perseguindo experimento mental é descrita nas páginas 48-51.
  • Collected Papers: Stachel, John ; Martin J. Klein; AJ Kox; Michel Janssen; R. Schulmann; Diana Komos Buchwald; et al., eds. (21 Julho 2008) [Publicado entre 1987-2006]. Os Collected Papers de Albert Einstein . Escritos de Einstein . 1-10 . Princeton University Press .. Outras informações sobre os volumes publicados até agora podem ser encontrados nas páginas do Projeto Einstein Papers e na Imprensa da Universidade Princeton Einstein Página

Veja também

Notas e referências

Notas explicativas

Citations

Trabalhos citados

Outras leituras

links externos